Umuarama, terça-feira, 26 de março de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Umuarama

09/03/2019

Vigilância Ambiental de Umuarama realiza segundo Liraa do ano na próxima semana

Vigilância Ambiental de Umuarama realiza segundo Liraa do ano na próxima semana

Agentes de combate a endemias (ACEs) da Vigilância em Saúde Ambiental iniciam na próxima segunda-feira, 11, o segundo Levantamento de Índice Rápido para Infestação por Aedes aegypti (Liraa) do ano, que deverá ser concluído até a sexta-feira, 15. O momento é de alerta, pela confirmação dos primeiros casos de dengue no ano e pelo alto índice de casos suspeitos.

No último Liraa, embora alguns bairros tenham apontado alto índice de infestação predial, a média de imóveis com larvas do mosquito ficou em 3,3% – considerada de médio risco, uma vez que o nível aceitável é de até 1%. “Como temos dois casos confirmados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) e cerca de 50 notificações em investigação (casos suspeitos), a população deve ficar em alerta”, orientou o coordenador da Vigilância Ambiental, Carlos Roberto da Silva.

As equipes têm realizado ações de bloqueio nas regiões com casos suspeitos, para que a doença não se propague em caso de confirmação. Mas é importante que a população tome o devido cuidado com o seu quintal, reduzindo as possibilidades de reprodução do mosquito Aedes aegypti.

“Quanto menos mosquitos estiverem circulando, menores são as chances de a doença se espalhar. Por isso, é necessário reservar uns 10 minutos para cuidar do quintal, eliminar recipientes que acumulem água, verificar calhas, vasos de plantas, enfim, recolher tudo que possa favorecer o mosquito, que precisa de água acumulada para se reproduzir”, acrescentou Carlos Roberto.

A situação pode ser agravada pela ocorrência de chuvas, nos últimos dias, aliada ao calor que também tem sido registrado. “Essas são as condições ideais para o desenvolvimento das larvas do mosquito, por isso não podemos relaxar”, acrescentou a secretária municipal de Saúde, Cecília Cividini.

Ela lembrou que a cidade está sendo beneficiada pelo Programa Bairro Saudável, que vem orientando a população com materiais informativos e recolhendo móveis velhos, utensílios, eletrodomésticos e outros materiais que podem acumular água. “Mas todo mundo tem de fazer a sua parte e manter o imóvel limpo. Se um vizinho não cuidar do quintal, os outros moradores também estarão em risco”, completou.

Durante o Liraa, na próxima semana, serão visitados 2.143 imóveis residenciais e comerciais. O número é suficiente para o levantamento da infestação do mosquito, pois os agentes realizam as vistorias em todos os bairros da cidade. No primeiro Liraa do ano, embora 29 localidades tenham apresentado índice zero de infestação, em cinco bairros o volume de residências com larvas ficou acima dos 10% – Parque Jabuticabeiras, Conjunto Arco-Íris, Praça Xetá, Praça Portugal e Parque Danielle. Em outras 16 localidades o índice ficou entre 5% e 9% e nos 12 locais restantes oscilou entre 1% e 3,7%.

 

PUBLICIDADE

Fonte: UMUARAMA | CIDADE PORTAL | ASSESSORIA DE IMPRENSA

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal