Umuarama, quinta-feira, 19 de julho de 2018 ESCOLHA SUA CIDADE

Paraná

29/03/2018 | Concebido por Goioerê

Gaeco e Promotoria de Justiça de Quedas do Iguaçu vão apurar casos de violência contra caravana de ex-presidente

Gaeco e Promotoria de Justiça de Quedas do Iguaçu vão apurar casos de violência contra caravana de ex-presidente

O Ministério Público do Paraná, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado e da 2ª Promotoria de Justiça de Quedas do Iguaçu, vai apurar os atos de violência contra a caravana que viaja com o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva no estado.

Nesta quarta-feira, 28 de março, o Coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia, entidade que reúne profissionais do meio jurídico de todo o país, entregou ao procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto, coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos do MPPR, um apanhado de notícias de supostos crimes praticados contra o grupo que acompanha o ex-presidente na viagem pelo Paraná.

Tiros e ações na internet – Por designação especial da Procuradoria-Geral de Justiça, a 2ª Promotoria de Justiça de Quedas do Iguaçu vai acompanhar o inquérito policial que investiga o atentado a tiros contra a comitiva. Na terça-feira, 27 de março, dois ônibus que integram a caravana foram alvejados quando seguiam de Quedas do Iguaçu a Laranjeiras do Sul, Oeste Paranaense, na PR-473. Diante da possibilidade da ocorrência de outros crimes, inclusive nas redes sociais e grupos de WhatsApp, a PGJ encaminhou a matéria para ser investigada pelo Gaeco.

 

Curta e compartilhe nossa página no FaceBook.

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | MP/PR | Foto: CBN

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal