Umuarama, sábado, 13 de agosto de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Paraná

23/07/2022 | Concebido por Goioerê

Em ação pioneira, Condescom reúne municípios do Paraná para discutir metodologia BIM em obras públicas

Em ação pioneira, Condescom reúne municípios do Paraná para discutir metodologia BIM em obras públicas

Engenheiros civis, arquitetos e gestores de vários municípios da região de Campo Mourão e outras regiões do Estado do Paraná – como Toledo, Laranjeiras do Sul, entre outros-, participaram de um encontro técnico na manhã desta sexta-feira (22), na sede da Comcam para discutir a metodologia BIM (Modelagem da Informação da Construção) em obras e empreendimentos públicos.

O evento, inédito no Paraná, foi promovido pelo Consórcio do Desenvolvimento da Comcam (Condescom) em parceria com a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e Departamento de Gestão da Inovação da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística do Paraná (SEIL).

“A Comcam está sendo pioneira. Foi a primeira Associação de Municípios do Paraná a nos procurar para trazer o assunto aos municípios”, falou a Diretora do Departamento de Gestão da Inovação da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística do Paraná (DGI/SEIL), Lorreine Santos Vaccari, que participou da reunião. Ela comentou que o encontro técnico foi uma espécie de cooperação técnica para apoiar os municípios da região com a metodologia.

Lorreine explicou que o BIM é um sistema que integra tecnologias e processos integrados, que permite a criação, utilização e atualização de modelos digitais de uma construção, de modo colaborativo, que sirva a todos os participantes do empreendimento, em qualquer etapa do ciclo de vida da construção. “A utilização da ferramenta é crescente no país e vem provocando grandes mudanças no ramo da construção civil, atingindo toda a cadeia produtiva, em especial nos setores da arquitetura, engenharia e construção”, afirmou.

A ferramenta oferece informações detalhadas de cada parte de um projeto, sendo possível evitar equívocos de projeto e execução, bem como superfaturamentos ou outras formas de alteração no decurso da obra, propositais ou não, que geram prejuízos aos cofres públicos. O presidente da Comcam/Condescom, Leandro Oliveira, não conseguiu participar do evento por causa da agenda apertada. No entanto, ele destacou a importância do tema para os municípios e agradeceu ao Estado em se dispor e encaminhar uma equipe à Comcam para atender os municípios. “Este é mais um encontro para qualificar nossos profissionais dentro da nossa metodologia de trabalho de fortalecimento do Condescom. Agradecemos a SEIL e ao Governo do Paraná que tem sido um grande parceiro dos municípios”, destacou.

O coordenador técnico do Condescom, Renato de Lima Correia, comentou que Governo do Estado já instituiu a Estratégia “BIM PR – Paraná Rumo à inovação digital nas obras públicas”, por meio do decreto nº 3.080 de 15 de outubro de 2019 e que os municípios precisam se adequar a esta nova realidade.

“A discussão deste tema vem ao encontro das necessidades dos municípios neste processo de inovação, atendendo decreto federal e estadual regulamentado agora em 2022. Este decreto regulamenta lei de licitações e isso vai incorporar estas ações dentro do novo sistema de inovação nas obras públicas em todo o País, especialmente no Paraná”, explicou.

Ele disse ainda que o setor de Engenharia da Comcam/Condescom já está há mais de um ano incorporando e aprimorando a metodologia BIM na elaboração de projetos aos municípios. “É um orgulho sairmos na frente com qualificação nesta área”, acrescentou.

O engenheiro civil, Diogo Pereira, coordenador do Setor de Engenharia da Comcam, proferiu uma palestra aos participantes e dividiu experiências com os municípios. “Nós técnicos e engenheiros que estamos envolvidos com projetos temos que fazer nossas atualizações para acompanharmos estas mudanças que vêm ocorrendo”, afirmou.

Ele destacou que o BIM permite a melhoria de projetos tanto na parte de execução quanto em eficiência. “Mas é uma questão que não adianta a gente trabalhar isolado na Comcam se o Estado e a União não trabalharem. Temos que trabalhar com projetos alinhados Estado-Município e União- Município”, comentou.

O engenheiro falou ainda que é imprescindível melhorar a gestão de projetos e obras públicas atuando de modo preventivo, colocando os municípios em um novo patamar de desenvolvimento. “Desta forma, com a implantação do BIM será possível obter informações detalhadas de cada parte de um projeto, possibilitando melhor análise e controle fiscalizatório e financeiro”, destacou.

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | ASSESSORIA DE IMPRENSA COMCAM

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal