Umuarama, sábado, 13 de agosto de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Umuarama

29/06/2022

Linha de transmissão em Umuarama será energizada e moradores próximos devem adotar cuidados

Linha de transmissão em Umuarama será energizada e moradores próximos devem adotar cuidados

As linhas de transmissão de 230kV e 525 kV que passam por Umuarama, vindas das cidades de Foz do Iguaçu e Guaíra e que seguem para Sarandi, Londrina e Paranavaí, serão energizadas nesta semana. Por isso, a empresa responsável pela construção, operação e manutenção da rede orienta a população que vive nas imediações sobre cuidados que devem ser observados para o convívio seguro com a linha de transmissão de energia, além de precauções em relação a queimadas.

A energização das linhas aguarda apenas a emissão das licenças de operação, que já foram solicitadas junto ao Instituto Água e Terra (IAT). Todas as subestações – nas cidades de Foz, Guaíra, Sarandi, Paranavaí e Londrina – já contam com licenças. O empreendimento se estende por 41 municípios do Paraná, constituído por quatro linhas de transmissão e cinco subestações.

A construção das linhas envolveu uma série de programas que contemplam áreas específicas do traçado, como atividades ambientais e arqueológicas, componente indígena, emergência e compensação ambiental, controle da fauna, comunicação social e educação ambiental, estabelecimentos e manutenção na faixa de servidão, gerenciamento de riscos e gestão ambiental, entre outros.

Outros programas orientam sobre supressão de vegetação, recuperação de áreas degradadas, recomposição florestal, monitoramento de qualidade do ar, ruído e condições geotécnicas. “Com o fim das obras e as linhas de transmissão energizadas, os moradores da região devem redobrar a atenção”, alertou a chefe da Divisão de Controle Ambiental do município, Fernanda Periard Mantovani. A faixa de servidão é uma área indenizada aos proprietários e deverá ficar reservada para operação e manutenção da linha de transmissão.

CUIDADOS

Na faixa de servidão é proibida a construção de casas, barracos ou outras edificações, o plantio de árvores e vegetação de grande porte (como eucalipto, cajueiro, mangueira, etc.). Também é vedada realização de queimadas, implantação de instalações elétricas e mecânicas, depósito de materiais inflamáveis ou de lixo e também não pode ser implantadas áreas recreativas, industriais, comerciais ou culturais.

As atividades permitidas são plantações rasteiras (hortas, milho, soja, etc.), culturas frutíferas de pequeno porte (exceto na área das torres), sistemas de irrigação localizada e por inundação, cercas de arame devidamente aterradas e seccionadas, passagens e porteiras. A circulação de pedestres, animais e veículos agrícolas deve ser feita com atenção e a empresa responsável deve ser consultada quanto à altura máxima de plantas e eventuais estruturas autorizadas.

Caso tenha dúvidas, o morador ou a família que habite a área de influência das linhas de transmissão deve procurar a ouvidoria da Ecology Brasil pelo telefone 0800 887-1643, WhatsApp (21) 97146-5392 ou e-mail ouvidoria.ivai@ecologybrasil.com.br, com atendimento de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 9h às 18h.

 

PUBLICIDADE

Fonte: UMUARAMA | CIDADE PORTAL | PREFEITURA MUNICIPAL DE UMUARAMA

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991 | (44) 99979-3334
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal